quinta-feira, maio 12, 2005

Cérebros de homossexuais reagem como os de mulheres

POL nº 5525 | Quarta, 11 de Maio de 2005

Os cérebros dos homens homossexuais reagem como os das mulheres heterossexuais na presença de feromonas sexuais. Esta constatação é apresentados como uma prova de diferenças biológicas relacionadas com a orientação sexual.
Este estudo, publicado pela revista Proceedings of the National Academy of Sciences, dá mais um argumento aos que defendem a origem biológica da homossexualidade. A equipa de Ivanka Savic, do Instituto Karolinska (Suécia), estudou as reacções de homens e mulheres heterossexuais, químicos, a moléculas que desencadeiam respostas de defesa ou desejo sexual em muitos animais, conhecidas como feromonas.
Embora ainda se discuta se os seres humanos respondem às feromonas, investigadores norte-americanos identificaram em 2000 um gene que parece estar envolvido na captação das feromonas.
Neste estudo , a exposição à testosterona, a hormona sexual masculina, causou respostas nas porções do cérebro envolvidas na actividade sexual nas mulheres heterossexuais e nos homens homossexuais, mas não nos homens heterossexuais.
Mas, quando todos os participantes no estudo foram expostos a aromas como o da lavanda ou do cedro, todos os cérebros reagiram apenas nas regiões que lidam com os cheiros.